segunda-feira, 12 de junho de 2017

163/365 - Inquéritos telefónicos - é preciso muita paciência!

Ohhh páááá.. uma pessoa até quer ajudar as pessoas dos inquéritos telefónicos, até porque já fez parte desse universo, mas elas fazem com que seja muito complicado!
Hoje ligaram-me de uma dessas empresas e depois de quase 30 minutos (??!!) de inquérito telefónico tenho de ressaltar (entre tantos outros):
1 - Passam o tempo todo a dar risinhos com as respostas que damos
2 - Depois de dizermos que não usamos determinados serviços, colocam inúmeras questões de classificação sobre esses mesmos serviços (que não usamos!!!)
3 - Como não encontram a localização do ponto que indicamos, colocam uma qualquer, só para avançar no questionário.... e dizem isso mesmo (ouve-se todas as conversas paralelas)! De referir que o questionário era de avaliação de serviços de pontos específicos
4 - Ao ouvir a nossa idade (47), perguntam se moramos com os pais?!!!
Foram tantas imbecilidades ao longo do questionário, tantas pausas para ir fazer perguntas... que temo pelo futuro da rapariga (ou da empresa de inquéritos...)

domingo, 11 de junho de 2017

162/365 - Os KOABOCA

Não sabem o que são KOABOCAS???
Eu explico:
Hoje fomos com uns amigos para uma praia deserta, na zona de Setúbal.
Enquanto passeava com os amiguinhos, passámos por um pequeno riacho onde havia aqueles peixinhos pequenos (minúsculos) e transparentes que passeiam nas praias.
A pequena miss conseguiu apanhar um (penso que já devia ter acabado o seu ciclo de vida) e veio toda contente mostrar a mão onde ele "descansava".
- Mamã, mamã, apanhei um peixe! Como se chama este peixe?
A mamã, num momento brilhante (como sempre):
- Com a boca!
- Koaboaca?
- Então, quando queres chamar alguma coisa o que usas? A boca, certo? Tu perguntaste à mamã como se chamava o peixe e eu disse-te que era com a boca.
- Ahhhh, olhem que giro que é o meu KOABOCA!!!
Não consegui parar de rir (para dentro, claro).
Passado um pouco vem ter comigo a chorar... tinha deixado cair o peixinho na água e não o encontrava.
- Mamã, o KOABOCA morreu.... e eu não o encontro!!!
Sem rir (vá, há que mostrar respeito pela morte), lá lhe disse:
- Filhota, ele foi para o céu dos peixinhos. O que lhe podemos fazer é organizar um funeral e rezar por ele.
Eça não parava de chorar (o cansaço de acordar muito cedo e da viagem e dia na praia ajudavam)...
- Eu não quero um funeral... Nem sei o que isso é.... Eu quero o KOABOCA!!!
E foi assim a tarde toda... ela e os 3 amigos passaram a tarde a pedir para ir passear outra vez no riacho, porque queriam tentar apanhar KOABOCAS!
Já sabem, quando estiverem na praia e virem passar aqueles cardumes de peixes pequeninos, não se esqueçam que são KOABOCAS!

quarta-feira, 31 de maio de 2017

151/365 - Diz que hoje é Dia dos Irmãos

Estes são os meus.
Mesmo não falando com eles, estarão sempre no meu coração, pois são e serão sempre... os meus irmãos!!!

Parabéns Vovó


Hoje fazes 97 anos !!!

Muitos parabéns avó, tenho a certeza que a festa aí em cima está ao rubro e o sol brilhou ainda mais iluminado pelo teu sorriso e gargalhadas!


Um beijo enorme da tua neta (e bisneta) que nunca te esquecem!

segunda-feira, 29 de maio de 2017

149/365 - Parabéns pelos 41 anos

E, sem dar conta, passaram 41 anos desde que a minha irmã nasceu.

Muita coisa mudou, desde o tempo em que lhe mudava as fraldas e tomava conta dela.
Hoje é uma mulher adulta, que vive a vida que escolheu e como escolheu, independente, com o seu feitio e que optou por não me ter na vida dela. São escolhas e aceito-as.

Faz hoje 41 anos e eu só espero que seja feliz durante toda a sua vida e celebre muitos mais anos rodeada das pessoas que escolher para estarem sempre junto dela (de preferência sempre e não só quando for preciso)

Parabéns minha irmã!

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Related Posts with Thumbnails