quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Feliz 2010

Numa altura em que tudo e todos fazem o balanço do ano que passou e exprimem os desejos para o que se aproxima, não poderia deixar de ser excepção...
Não que acredite em desejos de ano novo, pois são apenas mais uma forma de quebrarmos mais umas quantas promessas feitas a nós próprios, mas é sempre bom pensar no que gostávamos de mudar em nós e nas nossas atitudes e fazer um esforço nesse sentido.

Falando de 2009... o que poderia ser um ano para esquecer, pelos problemas de saúde e por ter permanecido em casa... acabou por ser um dos melhores anos da minha vida até agora.
As coisas más servem apenas para crescermos como pessoa e para se esquecer e seguir em frente, por isso vou só falar das coisas boas.
2009 foi o ano em que encontrei o meu amor, o homem que me completa e que, apesar das nossas divergências de opiniões e de feitios me faz feliz e querer ser uma pessoa melhor. E o ano em que decidimos morar juntos e em que tenho de aprender a ceder no meu espaço (e eu que estava tão habituada a viver sozinha e ao meu cantinho... adoro partilhar com ele este nosso espaço).
Foi o ano em que, contra todas as probabilidades e indicações, uma nuvenzinha se veio plantar no meu interior e está a crescer forte e saudável, fazendo de mim uma mulher feliz e realizada (uma filha linda e um amor lindo... quem pode querer mais). Não esquecendo que é a primeira neta/sobrinha do meu lado e que os avós e tios estão, positivamente, nas nuvens!
Uma das coisas que marcou o meu ano foi a perda da minha avó. E mesmo sendo um episódio menos bom tenho de o referir, porque é e foi uma das pessoas que mais marcaram a minha vida e a sua falta sente-se em todos os aspectos, especialmente para os filhos e mais concretamente (porque me tocam mais de perto), para a minha mãe e madrinha.
Ela desapareceu fisicamente, mas viverá sempre no meu/nosso coração.
Foi igualmente o ano em que passamos o primeiro Natal entre as dias famílias, com os filhos dele a interagirem lindamente com as minhas adoradas e adoráveis priminhas.
E do resto, que foi tanto, já não consigo falar... fica para mim e para o meu coração.
O resumo é que 2009 será um ano memorável, pelos aspectos menos bons, mas acima de tudo pelas imensas alegrias e realizações que me trouxe.

Para 2010 não tenho desejos especiais... ou fora do vulgar.
Desejo que a minha/nossa princesa venha ao mundo cheia de saúde e perfeitinha.
Desejo continuar a ser feliz ao lado do meu amor e que possamos crescer em conjunto.
Desejo que a minha família, que adoro, tenha muita saúde, paz, tranquilidade e estabilidade e seja mais unida do que nunca - esquecendo as pequenas divergências (ou grandes) e vivendo em união familiar.
Desejo (e esse é mesmo uma utopia que se tem de tornar realidade) ser mais organizada nas tarefas domésticas e na minha vida diária.
Desejo regressar ao trabalho e estar feliz e realizada com o que fizer!
Desejo que todos os meus amigos (pessoais, profissionais e virtuais) estejam bem, felizes, junto dos que amam e sem problemas de maior.
Enfim... desejo que todos sintam as emoções reflectidas na imagem acima, com maior ênfase nas boas emoções, mas com um pouco de todas, pois são essas emoções e sentimentos que nos fazem crescer enquanto pessoas!
Um beijo a todos e FELIZ ANO NOVO!!!
Que 2010 seja o ano de realização dos vossos sonhos, esperanças, ilusões, desejos... tudo!!!
imagem retirada da Internet

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

FELIZ NATAL

Como o tempo e a imaginação são poucos, e como o meu Natal vai ser passado nas condições que a imagem retrata (se conseguir lá chegar), aqui vos deixo uma linda imagem de Natal, com os meus sinceros votos que passem bem esta quadra, com todos os que vos são mais queridos, com muitas e muitas prendas (pelo menos as que mais desejarem e as mais sentidas) e com muita comida, bebida e amor.
FELIZ NATAL A TODOS OS QUE POR AQUI PPS -A imagem foi retirada da Internet.
Como podem verificar, prefiro os tons de azul e a neve do que os bonecos vermelhos da Coca-Cola, conotados com o velho sr gorducho de barbas que limpa chaminés pelo mundo inteiro na noite de 24 para 25, enquanto se tenta enfiar por elas abaixo para levar as prendinhas a todos os meninos que "se portaram bem"... e mais não comento que não será politicamente correcto...

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

A última prenda de Natal da avó

Chegou hoje a última prenda de Natal que receberei da minha falecida avó!
Ela sempre adorou o Natal e, mesmo não estando fisicamente presente este ano, estará seguramente no espírito de todos nós.
A sua última prenda é algo que há muito tempo desejava e nunca tinha podido comprar - só mesmo com a ajuda dela (e da minha mãe, claro).

Como é que a minha avó me deu esta prenda tendo falecido em Junho?
A verdade é que ela era muito poupada (resultado das muitas dificuldades que passou na vida) e depois do seu falecimento as suas poupanças foram repartidas pelos seus 3 filhos.
A minha mãe decidiu que esse dinheiro era para nós (as netas), como última prenda da avó que tanto adorávamos, e foi assim que tive a prenda de Natal dos meus sonhos (sou modesta nos sonhos, eu sei), oferecida por aquela que foi a melhor avó do mundo!
E é uma prenda tão linda!!!
Também deu para comprar um bom zoom (e estabilizado, que com a idade o Parkinson progride), o que fez com que esta prenda seja um sonho tornado realidade!

Claro que já andámos a brincar com ela (o meu amor até esperou que eu chegasse antes de a abrir e experimentar) e é verdadeiramente espantosa - agora já não há desculpas para não tirar o sonhado curso de fotografia.

Mesmo com saudades da avó... hoje estou feliz, porque terei sempre comigo a sua última prenda, a prenda perfeita da avó perfeita (com a ajuda da mamã, não esquecer)!!!

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

O poder de um fato e gravata

Ontem fiquei impressionada com o poder que um fato e gravata auferem a quem os usa - em Portugal, claro!
A situação, no mínimo caricata, tem a ver com mais uma aquisição naquela loja que "adoro" e de que já falei anteriormente, que prima pelo serviço de qualidade.
Contra tudo o que prevíramos quando comprámos as coisas para a casa de Cinfães, encontrámos nessa loja uma cama dupla com estilo de sofá, muito gira e com um bom preço.
Como precisávamos de camas para os miúdos (sim, que a nuvenzinha já tem 2 irmãos mais velhos), para que tenham o seu canto quando vem visitar o pai, lá rumei eu à loja, com a mamã, para comprar a camita para que os miúdos tivessem as suas caminhas quando chegarem no Natal.
Entramos, vou directa ao local e ao ver uma funcionária indico que quero comprar aquela cama.
Vamos até ao computador e lá ela indica que está esgotada e que só em Fevereiro terão outras.
Posto isto, indico que nesse caso quero comprar a de exposição (até porque não havia nada a indicar que estava esgotada ou que não se podia comprar o artigo de exposição).
Ao que ela responde, de uma forma até um pouco grosseira, que os artigos de exposição não são para venda e não pode vender aquela cama.
Como estava com a minha mãe, não quis fazer muito barulho, até porque meti logo na ideia ir a outra loja ver se a situação seria idêntica.
Resta dizer que eu estava vestida de grávida sem muito que usar (calças de ganga e camisolão) e a mamã à professora de escola de ensino básico (sim, que agora já não se usa primária, temos de ser politicamente correctos).
Dois dias depois, agarro no S. e vamos a outra loja da mesma cadeia, e a ideia era indicar logo que queríamos a de exposição.
Entramos, andamos quase 5 minutos à procura de alguém para nos atender (depois de verificar novamente que não havia informação de artigo esgotado ou que não se vendia o de apresentação) e lá foi ele indicar que queria aquela cama dupla.
Novamente o mesmo discurso... está esgotada, só em Fevereiro e não, não vendemos a de exposição.
Ele ainda estava a ficar chateado, e mais ficou quando perguntei se podia reservar para Fevereiro e me indicaram que sim, mas teria de pagar!
Enfim.... o que pensei logo?
Vou já preencher o livro de reclamações (que adoro)? Ou procuro outra solução antes?
Claro que vou ver a outra solução - o meu pai!!!
Ele adora estas coisas ilegais destas cadeias de lojas, adora reclamar os seus direitos e tem vários conhecimentos.
Pensei logo - vou falar com ele e ver o que se pode fazer, até porque os miúdos estão quase a chegar e não podem estar sem caminhas!
Falei com ele, que verificou junto da ASAE e da inspecção das actividades económicas a legalidade da situação e lá rumámos à primeira loja onde até foram indelicados.
Ele ia com o seu fatinho de executivo e gravata da moda e eu... para variar... calça de ganga e camisolão por fora (que isto de ter barriguita não dá muito jeito).
Depois de ele verificar que não havia a tal indicação explícita (e obrigatória) de que não se podia vender os artigos de exposição, fomos até à famosa cama - onde continuava a não estar indicado que o artigo estava temporáriamente esgotado (como deveria estar, visto lá ter estado uma semana antes e já estar esgotado).
Ao lado estava uma funcionária que veio logo atender (que diferença da outra onde se procura um funcionário durante imenso tempo), a quem ele indicou "Viemos comprar esta cama", simples e curto!
Ela foi ver ao computador e regressou com a famosa mensagem "Está esgotada, só em Fevereiro".
Ele, impassível - Então levamos esta!
Acreditam que ela nem abriu a boca?!!!
Foi ao telefone, e regressou dizendo - vem buscar ou querem com entrega?
Nada!!!
Não disse que não vendiam, que não podia ser... nem o deixou reclamar um pouco os seus direitos... nada!!!
Eu vou a duas lojas e não só recusam vender como até são "grosseiros" e ele chega lá e em duas frases traz a cama que precisávamos?!
Realmente, a pose superior e o fato e gravata fazem maravilhas em Portugal - e então nestas "cadeias" é impresisonante o efeito.
Está visto que o serviço ao cliente aqui é do pior e que, quando for às compras, tenho de me vestir como Sra Directora para ter um atendimento de qualidade, porque se for de calças, ténis e camisolão sou uma pessoa "menor" a quem esta gentinha acha que pode maltratar.
Gostava que fosse diferente e não gosto de generalizar, mas depois de anos a trabalhar na e com a grande distribuição, posso dizer que é... Portugal no seu melhor!
imagem retirada da internet

Beatles e publicidade comunicações

Recebi hoje este vídeo e não podia deixar de partilhar, porque é mesmo arrepiante!

Uma empresa de comunicação móvel inglesa promoveu esta mobilização na Trafalgar Square, em Londres, reunindo mais de 13 mil pessoas.
A empresa simplesmente enviou um convite por telemóvel:
"Esteja na Trafalgar Square tal dia, a tal hora". E nada mais foi dito.
Os que foram acharam que iam dançar, como tem acontecido em outras mobilizações deste tipo.
Mas, no momento, foram distribuídos microfones, muitos (muitos, muitos mesmo), e a empresa fez um karaoke gigante, de surpresa!!!
E todos os que estavam na praça, quem passava, quem nem sabia do convite, cantou em conjunto.
É de arrepiar. Se um dia gostou dos Beatles, vai chorar.

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

1ª prenda dos papás

E como também é Natal para as meninas que ainda se "escondem" na barriga da mamã, hoje encontrámos a primeira boneca para a nossa nuvenzinha!
O melhor de tudo?
É personalizada!
E tão fofinha... quem resistiria?!
Até o pai concordou que não podíamos deixar passar a oportunidade de a trazer para a nossa pequenina... indicando mesmo que podia ser de outra cor que não o cor-de-rosa!
Aqui vos deixo a primeira prenda de Natal da nossa pimpolha!

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Mais um pouco de humor...

É do pai ou da mãe?

A cena passa-se num tribunal durante uma audiência para regulação do poder paternal.

A mãe, muito emocionada, tenta defender-se:

-Meritíssimo Juiz...
Esta criança foi gerada dentro de mim...
Ela saiu do meu ventre, portanto eu mereço ficar com ela!

O juiz passa a palavra para o marido, que resolve usar o seu lado lógico:

-Senhor Dr. Juiz, responda-me a uma e única pergunta:
quando eu coloco uma moeda numa máquina de refrigerantes, a latinha que sai...é minha ou da máquina?

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Cozinhados

Pois é, a vontade de cozinhar regressou em força - os milagres que um forno espectacular originam!
Mas antes de vos mostrar as fotos dos cozinhados de ontem tenho de partilhar a imagem da deliciosa pizza que o S. fez quando eu estive confinada à cama durante 3 dias:Tenho de admitir que estava deliciosa, muito melhor do que qualquer uma daz pizzas que eu já fiz e que... ele ficou oficialmente eleito o "fazedor de pizzas".
E esta ainda foi feita no mini forno elétrico!

Mas ontem não resisti a fazer uma tarte.
Há muito, muito tempo que não conseguia fazer uma tarte decente, porque a forma "normal" era grande demais para o forninho e as que lá fazia ficavam muito altas e concentradas.
Então, foi hora de agarrar nos vegetais chineses (sim, que há que comer verduras, se possível "disfarçadas"), juntar bocadinhos de bacon e chouriço, cobrir completamente com queijo ralado (há que manter o aporte calórico) e... voilá!
Como só nos lembrámos de tirar foto mais tarde... já estava metade comida, mas dá para ver o bom aspecto com que ficou... depois de apenas 15 minutos no forno novo (no antigo forninho chegada a ter de estar quase 1h)...Depois, foi a vez da sobremesa - algo que já não fazia há anos!!!
Ainda a fiz tarde com esperança de só a abrir hoje, mas a minha cara metade não conseguiu resistir ao delicioso aroma e por isso, mesmo sendo muito tarde, esperou que saísse do forno e teve de provar ainda quentinho.
É um dos meus bolos preferidos e tinha muitas saudades de o fazer.
Como poderão ver, ficou com excelente aspecto e ainda sabe melhor!
E pronto... assim se acabaram os testes culinários ao forno novo.
No fim de semana... peixinho assado no forno... hummmm, que bom!

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Feliz

Hoje é um grande dia!!!
Vieram os resultados dos exames e... está tudo bem!!
Estou radiante, mesmo se ainda faltam quase 4.5 meses para o resto de uma vida de alegrias e preocupações!
Mas hoje, as notícias são excelentes, a menina está de óptima saúde e sem nenhum problema e é altura de celebrar.

Ainda por cima acabaram de montar o forno novo que a mamã ofereceu!!!
Vou já meter-me nos tacho e panelas e experimentar aquela pequena maravilha.
Foi muito tempo sozinha e sem forno... está na hora de regressar aos bolos, biscoitos, empadões, peixe no forno... todas as pequenas maravilhas que se podem cozinhar num forno de última geração.

Honestamente, não me canso de dizer hoje é um dia quase perfeito e eu estou feliz e ao lado do meu amor!

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Dar as coisas por garantidas

Há alturas em que nos esquecemos que nada na vida é garantido, muito menos quando falamos de amor, família, relações.
E eu tenho de admitir uma coisa (que já todos sabem, mas que não assumo o suficiente)... eu tenho um feitio terrível... e tenho de ter sempre razão (nem que seja com um "mas"...)!
Sim, sim, tenho um coração de ouro, mas por vezes esse ouro fica ofuscado com tanta crise de mau feitio... é a realidade e não há como esconder!
E o que tem isso a ver com tomar as coisas por garantidas?
Tem a ver com o facto de raramente dar às pessoas o valor que elas tem, raramente reconhecer o quanto são importantes na minha vida e quanto as valorizo.
Mais rapidamente critico algum defeito ou falha, ou uso um sentido de humor MUITO negro para apontar defeitos, do que elogio as virtudes.
É verdade que até brincam comigo a dizer que tenho o veneno a sair ao cantinho da boca, para não morder a língua para não morrer, etc... E tenho de reconhecer a realidade - é que é mais forte que eu... antes sequer de pensar já me saíram as coisas pela boca.
Atenção que não as digo com intenção de magoar, ofender... na maioria das vezes é mesmo uma ironia simples, "brincadeirinha"... mas compreendo que possa magoar, ferir sentimentos... especialmente se não usar a mesma "receita" para reconhecer as partes boas e as qualidades das pessoas que me rodeiam.
Porque me lembrei disto hoje?
Na verdade não foi só hoje que me lembrei disto, pois é algo que há muito tempo ando para dizer,, para assumir publicamente e reconhecer... mas como todas as autocríticas... vai-se adiando.
Mas hoje é o dia e queria aqui deixar claro o enorme apoio que a minha família me dá (mãe, pai, irmã, madrinha, etc), as qualidades enormes e valores que me transmitiram e transmitem... e a grande pessoa que é a minha cara-metade!
Gostava de reconhecer de forma mais "pública" que não os tomo por garantidos (mesmo que pareça às vezes) e que reconheço as grandes pessoas que são - mesmo por baixo de tudo o que digo, do meu feitiozinho.
E por isso, para o meu amor, que me atura o mau-feitio, as "brincadeirinhas" de mau gosto, as piadinhas irónicas... sempre com um sorriso (ou tentativa), que me apoia em todos os sentidos, que cuida de mim quando tenho de ter cuidado (por causa da nuvenzinha)...
Para ele que é namorado, marido, amante, dono-de-casa, cozinheiro, homem-a-dias, motorista, enfermeiro... tudo
Aqui fica o meu reconhecimento público por todas as suas qualidades e virtudes que superam em muito o lado mau que lhe posso reconhecer.

Sei que ele prefere que se digam as coisas cara-a-cara, mas quando uma pessoa diz que ama e depois anda sempre com "brincadeirinhas", por vezes há que assumir que falha, que tem de elogiar mais, tem de reconhecer e dar valor ao que tem ao lado.
E o que tenho ao meu lado é o pai da minha filha, o homem que demorou a chegar à minha vida mas que espero seja para ficar - um Homem com H.

Amo-te ursinho!
Obrigada por seres como és e por me fazeres mais feliz do que acreditava ser possível!

PS - sim, hoje estou sentimental e quero dizer ao mundo
que amo este homem lindo que me acompanha diariamente!

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

E não é que ganhei um selinho?

E não é que a For You, deste delicioso blog, me desafiou a receber um selinho para partilhar alguns "segredos"?
As regras são simples:

Para participar neste desafio é necessário:

1º Seguir as regras;

2º Levar o selo acima que identifica quem está, esteve ou estará no desafio;

3º Completar as seguintes frases:

a) Eu já ...

b) Eu nunca ...

c) Eu sei ...

d) Eu quero ...

e) Eu sonho ...

4º Depois de completar a frase com as respostas indicar 5 blogs para dar sequência ao desafio.

Como tal, aqui vão as respostas:

a) Eu já fiz tantas loucuras por amor...

b) Eu nunca acreditei poder vir a ter um filho e ... agora já lá vão quase 20 semanas de felicidade intensa...

c) Eu sei que o meu amor (a minha cara-metade) e a minha família são as coisas mais importantes da minha vida...

d) Eu quero poder dar sempre tudo de mim a todas as pessoas que amo e poder garantir que estarão sempre bem... e se puder ganhar o euromilhões ou totoloto (mesmo não jogando) ia ajudar muito...

e) Eu sonho ter uma grande casa, ver todos bem na vida à minha volta (família e amigos) e ter uma grande família para amar e cuidar (e, novamente, ganhar o totoloto e euromilhões ajuda nisso)

E agora indicar 5 blogs para dar sequência ao desafio....
Aqui vou ter de subverter as regras, pois não vou indicar blogs... todos os que leram a mensagem podem considerar-se desafiados - se ainda não tiverem recebido o selinho, que isto tem uma tendência para dar a volta ao mundo depressa.

E se esperavam grandes revelações... fica para outra vez (hehehehe)!

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Simplesmente... crianças!

Mais um texto que recebi e que tinha de partilhar, porque é bonito ver a beleza no coração das crianças (e porque a minha vem a caminho):

O autor e conferencista Leo Buscaglia certa ocasião falou de um concurso em que tinha sido convidado como jurado. O objectivo era escolher a criança mais cuidadosa. Eis alguns dos vencedores:
------------------------------------------
Um garoto de 4 anos tinha um vizinho idoso ao lado, cuja esposa havia falecido recentemente.
Ao vê-lo chorar, o menino foi para o quintal dele, e simplesmente sentou-se em seu colo.
Quando a mãe perguntou a ele o que havia dito ao velhinho, ele respondeu:
- Nada. Só o ajudei a chorar.
----------------------------------------------
Os alunos da professora de primeira série Debbie Moon estavam examinando uma foto de família.
Uma das crianças da foto tinha os cabelos de cor bem diferente dos demais.
Alguém logo sugeriu que essa criança tivesse sido adotada.
Logo uma menina falou:
- Sei tudo sobre adoção, porque eu fui adotada.
Logo outro aluno perguntou-lhe:
- O que significa "ser adotado"?
- Significa - disse a menina -
que você cresceu no coração de sua mãe,
e não na barriga!
---------------------------------------
Sempre que estou decepcionado com meu lugar na vida, eu paro e penso no pequeno Jamie Scott.
Jamie estava disputando um papel na peça da escola.
Sua mãe me disse que tinha procurado preparar seu coração, mas ela temia que ele não fosse escolhido.
No dia em que os papéis foram escolhidos, eu fui com ela para buscá-lo na escola.
Jamie correu para a mãe, com os olhos brilhando de orgulho e emoção:
- Adivinha o que, mãe!
E disse aquelas palavras que continuariam a ser uma lição para mim:
- Eu fui escolhido para bater palmas e espalhar a alegria!
--------------------------------------------
Conta uma testemunha ocular de Nova York:
Num frio dia de Dezembro, alguns anos atrás, um rapazinho de cerca de 10 anos, descalço, estava em pé em frente a uma loja de sapatos,
olhando a vitrine e tremendo de frio.
Uma senhora se aproximou do rapaz e disse:
- Você está com pensamento tão profundo, olhando essa vitrine!
- Eu estava pedindo a Deus para me dar um par de sapatos - respondeu o garoto...
A senhora tomou-o pela mão, entrou na loja e pediu ao atendente para dar meia duzia de pares de meias para o menino.
Ela também perguntou se poderia conseguir-lhe uma bacia com água e uma toalha.
O balconista rapidamente atendeu-a e ela levou o garoto para a parte detrás da loja e, tirando as luvas, se ajoelhou e lavou seus pés pequenos e secou-os com a toalha.
Nesse meio tempo, o empregado havia trazido as meias.
Calçando-as nos pés do garoto, ela também comprou-lhe um par de sapatos.
Ela amarrou os outros pares de meias e entregou-lhe. Deu um tapinha carinhoso em sua cabeça e disse:
- Sem dúvida, vai ser mais confortável agora.
Como ela logo se virou para ir, o garoto segurou-lhe a mão, olhou seu rosto diretamente, com lágrimas nos olhos e perguntou:
- Você é a mulher de Deus?

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

10 maneiras de saber se estão preparados para a maternidade/paternidade

Encontrei este texto num dos foruns que vou seguindo, retirado do site www.guiadafamilia.com, e não resisti a partilhar convosco.
E, decididamente, ao ler estes aspectos uma pessoa fica a pensar como será cuidar da pequena nuvenzinha... mas não trocava isso por todos os aspectos menos agradáveis aqui retratados.

Para quem está a pensar ter filhos, para quem quer saber se está ou não preparado(a) para assumir a maternidade/ paternidade, ou mesmo, para quem tem curiosidade em saber algumas das “ sensações “ de ser Mãe/Pai, Colin Bowles criou 10 tópicos, ( a partes menos boas ), onde tenta mostrar alguns desses exemplos.

Quem actualmente tem filhos, vai com certeza identificar-se com algumas destas situações .

Divirta-se!


As dez maneiras de saber se estão preparados para a paternidade/maternidade por Colin Bowles:

1. Vestir crianças não é tão fácil como parece. Primeiro compre um polvo vivo e um saco de rede. Tente enfiar o polvo no saco sem deixar nenhum braço de fora.

2. Esqueça os carros desportivos e compre um familiar.
Não pense que o pode deixar à porta, impecável e a brilhar, porque os carros de família não são assim.
Compre um gelado e guarde-o no compartimento das luvas.
Enfie uma moeda no leitor de cassetes, desfaça um pacote de bolachas e atire-as para os bancos traseiros.

3. Prepare-se para sair. Espere à porta do quarto de banho durante meia hora. Saia para a rua. Volte a entrar. Saia. Entre de novo. Volte a sair e ande um bocado em frente de casa. Entre. Saia. È normal que falte sempre mais alguma coisa para levar.
Agora, caminhe devagar ao longo da estrada durante cinco minutos. Detenha-se para examinar minuciosamente todas as beatas, pastilhas elásticas, lenços sujos e insectos mortos que encontre pelo caminho. Está pronto a levar uma criança a passear.

4. Para antever como serão as noites, ande às voltas pela sala entre as 5 da tarde e as 10 da noite, com um saco molhado com cerca de 6 Kg de peso.
Às 10 pouse o saco, meta o despertador para a meia-noite e vá-se deitar.
Levante-se à meia-noite e ande às voltas à sala de estar com o saco ao colo até à uma da manhã. Ponha o despertador para as 3. Como não consegue voltar a adormecer levante-se às 2 e tome uma bebida. Volte para a cama às 2:45.
Levante-se quando o despertador tocar às 3. Ponha o despertador para as 5.
Levante-se. Prepare o pequeno almoço. Repita durante 5 anos sempre de cara alegre.

5. Antes de se decidir por fim a ter filhos, descubra um casal que já os tenha e censure-lhes os métodos de disciplina, a falta de paciência e o facto de os deixarem fazer tudo. Sugira maneiras de melhorar os hábitos de sono e de ir ao bacio, de apurar as maneiras à mesa e o comportamento em geral. Desfrute da sua última oportunidade de acertar nas respostas para os problemas.

6. Tire o miolo a um melão e faça-lhe um orifício lateral mais ou menos do tamanho de uma bola de golfe.
Suspenda do tecto com um fio e faça-o balançar. Pegue numa colher de papa e tente encher o melão através do orifício. Está apto(a) a alimentar um bebé de 12 meses.

7. Vá ao supermercado e leve consigo o que mais se parece com uma criança em idade pré-escolar. O ideal é uma cabra adulta. Se está a pensar ter mais de um filho, leve mais que uma cabra. Faça as compras sem perder as cabras de vista e pague tudo o que destruírem.

8. Aprenda o nome das personagens de todos os desenhos animados e dos Pokemon. Quando der por si a cantar o "Batatoon", no banho, está apto(a) a receber o diploma de pai/mãe.

9. Repita sempre o que disse pelo menos 5 vezes.

10. Mulheres: para se preparar para a maternidade, vista um roupão e pendure um saco de feijões à frente ..Deixe-o ficar assim 9 meses. No fim retire 10% dos feijões. Homens: vá à farmácia local, despeje o conteúdo da sua carteira no balcão e diga ao farmacêutico que se pague. Dirija-se em seguida ao supermercado e mande o seu ordenado ser lá pago directamente.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Alguém me explica....#2

Alguém me consegue explicar a nova campanha da Galp?
É que dizem para se ir aos postos de gasolina abastecer, e depois trocar os pontos por bilhetes de comboio....
A ideia, posta assim, parece muito engraçada e ajudamos o ambiente, etc... mas vamos por partes.
Se eu abasteço, significa que devo usar o carro na(s) minha(s) deslocação(ões), certo?
Se em vez de usar o carro eu usar o comboio, trocando os pontos ganhos no abastecimento por bilhetes de comboio (e, honestamente, 500 pontos por 10 viagens nos urbanos de Lisboa e Porto ou 1.000 pontos por uma viagem de longo curso... são muitos abastecimentos por um bilhete)... o que acontece ao combustível com que abasteci?
Evapora-se?
Gasta-se sozinho?
E se quiser continuar a andar de comboio "à pála", o que faço com o carro que está com o tanque atestado e já não tenho pontos para os bilhetes?
Porque se analisar o anúncio, a base é... abasteça o seu carro nos postos Galp e depois ande de comboio...
Qual o sentido?!
Ou sou eu que sou muito loira?

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Parabéns madrinha!

Hoje a minha madrinha faz anos!!!
Tenho de dizer que, a seguir à minha mãe, é a mulher que mais respeito e admiro, ou não fosse a "minha irmã mais velha".
E hoje aproxima-se a passos largos da 3ª idade (hehehehe).
Sim, eu sei que ainda faltam 5 anos, e que a cada dia e ano que passa ela parece afastar-se e rejuvenescer, mas tinha de o dizer!
No entanto, o que queria era deixar aqui os meus parabéns a uma das mulheres mais fortes que conheço, que já superou tantas adversidades na vida (2 cancros, a morte dos pais, etc...) e que mesmo assim continua sempre bem-disposta, com um sorriso na boca e nos lábios e sempre disposta a ajudar os outros.
Para ti madrinha.... MUITOS PARABÉNS e que continues assim por muitos mais anos!
E a cada dia estás mais nova e mais bonita!!!!

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Os 3 pilares da economia

Apesar de considerarem que em Espanha (visto as imagens estarem nessa língua) que os 3 pilares da economia nacional são os retratados na imagem abaixo, não vos parece estranhamente parecido com a realidade da nossa economia?
É que para mim, nos países ditos "desenvolvidos", a economia parece estar cada vez mais assente neste(s) pilar(es).
O que acham?

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Agora percebo...

Um amigo meu enviou-me hoje este novo sinal, que a brigada de trânsito "criou" para as mais loiras - quer dizer, distraídas...
E com uma pequena nota explicando que apesar de o meu carro ser azul, o sinal era válido para mim também.
Será que me estava a chamar loira?
Hummmmm, vou pensar nisso...

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Mulheres

Há exactamente um ano publiquei um cartoon deste estilo.
Um ano depois... recebo novamente uma imagem que ilustra como nós, mulheres, somos - e pelo cartoon somos assim desde os tempos das cavernas...

E sejamos honestas, quem nunca teve momentos assim?

O S. pode comprovar que por vezes até eu (imagine-se, eu!!!) tenho momentos destes.

Para rir um pouco - e aproveitar para melhorar as nossas capacidades de comunicação (ou as capacidades de adivinhação deles).

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

E quem acertou foi....

Hoje este post é dedicado a todos os que diziam que tinha o coração de um baterista, que ia ser um rapagão como o pai, etc, etc...
... e aos que desejavam que fosse uma menina, no seguimento da "saga" familiar...
Aqui vos deixo as fotos tiradas hoje de tarde da nossa criança, MacBean no seu melhor.
Que é grande é verdade... lá lhe acrescentaram mais 4 dias (além das 2 semanas a mais em cada ecografia)...
... mas conseguem ver o que é?
É que estava de perna aberta... uma criança descarada... não sei q eum sairá assim... a mim não deve ser!!!
E é muito claro o que é!!!
Se vos ajudar, a médica (excelente), até fez os risquinhos na foto para que não existam dúvidas... pois ela não as teve!
O que é?





Ainda não perceberam?




A foto está muito pequenina?





SIM... É UMA MENINA!!!

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Não pude resistir

Enquanto não coloco as imagens das 13 semanas (e já estamos quase a ir tirar mais "fotos"), não consigo resistir a deixar o som dos batimentos do coração do nosso MacBean.
Isto porque sou uma maluca e comprei um daqueles Dopplers Fetais para ouvir os batimentos do coração (sim, daqueles que deixam os médicos loucos, pelas mamãs que ficam em pânico quando não encontram os batimentos...) e ontem os papás andaram deliciados a ouvir o coraçãozinho do MacBean.

Aqui vos deixo uma pequena amostra:

domingo, 25 de outubro de 2009

Desafiando o tempo

Recebi este vídeo hoje de um grande amigo e não resisti a partilhar.
A prova viva que a idade não é impedimento para nada!!!
Muito, muito bom!
Espero chegar àquela idade com aquele espírito (e boa-forma)...
Qual o seu talento? (versão Brasileira)

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

A continuação...

Como prometido aqui vai a continuação.

Depois da confirmação dada pelo 2º teste, era hora de fazer a primeira ecografia, para ter a certeza que o MacBean estava mesmo lá e estava tudo a correr bem.
Como tal, às 9 semanas lá fomos nós tirar as dúvidas e ficar com mais fotos da criança.
Não vos digo a emoção de ver aquelas imagens, ouvir o bater do coraçãozito... realmente isto de ser mamã de 1ª viagem traz muitas emoções.

Aqui ficam as imagens oficiais dessa visita (onde tinha 9 semanas e lhe deram logo mais 1):

Parabéns pai! Parabéns Mãe!

Mais um ano e, por coincidência, eis que ambos os meus pais fazem de novo anos!
Para os que pensam que é um aniversário de casamento (por dar os parabéns aos dois), só posso dizer...
... errado!
Os meus pais fazem hoje anos, de vida!
E sim, ambos nasceram no mesmo dia, mês e ano - e em locais diferentes de Portugal.

Mas o mais importante é que hoje é o seu dia de aniversário!!!
E é com todo o meu amor (e do MacBean) que desejo aos futuros avós um excelente dia de aniversário!

MUITOS PARABÉNS MÃE!MUITOS PARABÉNS PAI!

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

É oficial...

Pois é... sei que tenho escrito pouco, dado pouca atenção aos visitantes e às palavras de carinho que enviam... mas tem sido por uma boa razão.
A verdade é que..
contrariando as opiniões médicas...
contrariando as probabilidades...
contrariando as expectativas...
a família que vive nas nuvens vai aumentar.

Pessoalmente, e como mamã de primeira viagem a quem tudo causa receio pela sua nuvenzinha, tinha pensado não anunciar nada ao mundo até ter os resultados finais de todos os exames, mas... a alegria é muita e a criança já não se quer esconder mais e aumenta a cada dia.

Como tal, aqui vos deixo as primeiras fotos do(a) .... Macbean

1ª foto "oficial" às 7 semanas

E como a mamã era uma céptica, esta é a 2ª foto oficial às 8 semanas.

Na continuação, mais fotos da(o) pequena(o) nuvem baptizada(o)... MacBean (Mac em honra da tia que diz que o que estava na barriguinha era mas é o efeito das visitas a uma célebre cadeia de fast food, e Bean... de feijãozinho)

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Striptease

Este vídeo ilustra não só a melhor forma de fazer striptease, como igualmente a que ponto chega a loucura humana.
Já sei como fazer quando chegar àquela "idade" e tiver "aquele corpo"!
Divirtam-se!

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Como usar o inalador da asma

Este vídeo é dedicado à minha cara-metade e a todos os que tem asma e até agora nunca usaram correctamente o inalador.
Desculpem não ter legendas, mas não encontrei nenhum vídeo com legendas.
Resta dizer que a Sra usa um inalador por semana e não consegue melhorar da asma!

sábado, 17 de outubro de 2009

Cenas caricatas da semana

Pois é, mais uma semana que se aproxima do final e onde ocorreram duas cenas que merecem ser contadas.

CENA 1
Quarta-feira, 16h, vou ao centro de saúde para marcar consulta para o meu novo médico de família (sim, que agora que tenho um centro de saúde ao fim da rua, parece que tenho direito a ter médico de família).
Vou ter com o segurança (que é quem dá as senhas e "orienta" as pessoas) e eis o "diálogo":
- Boa tarde, queria marcar uma consulta para o meu médico de família.
- E quem é o seu médico de família?
- É o dr. A.
- E para quando queria marcar a consulta?
- Para amanhã ou sexta-feira.
- Ah, isso não é possível. Não fazemos marcações de longo prazo.
- Desculpe, mas não é longo prazo, é para amanhã...
- Pois, mas terá que vir no próprio dia. (aponta para um cartaz que estava na parede). Como pode ver, marcações a longo prazo não fazemos, por causa da gripe A.
.....
Desisti e vim embora, sem saber se rir ou chorar com as "marcações de longo prazo" para o dia seguinte.

CENA 2
Quando chegamos a casa hoje, tínhamos no correio um papel a indicar que tínhamos de levantar uma encomenda.
Perante o ar surpreso da minha cara metade, olho para o papel...
Era uma encomenda que ele tinha enviado na 4ª-feira para um cliente.
A primeira reacção foi pensar que tinha havido um problema e devolveram a encomenda.
Mas a encomenda tinha sido expedida na 4ª e hoje era sexta, não dava tempo para devolverem.
Olhar mais atento... e o que se tinha passado?
O "loiro" tinha enviado a encomenda... para ele mesmo!!!
No lugar do destinatário colocou o nome e morada dele!!!
.....
Achavam que acabava aqui?
Não...
De noite, a falar com a mamã, contei a história e ela?
Começa a rir, mas um riso diferente... de alivio.
Desabafo da mamã:
- Afinal não sou só eu. E eu nem tinha nunca contado nada a ninguém por vergonha!
Eu bem digo... tenho uma cara-metade à semelhança da minha mãe.... são os dois "loiros"!!!
E claro que não conseguia parar de rir!!!

Com uma família assim, como podia ser normal???

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Exercício e Diversão?

Uma experiência que provou que é fácil mudar os hábitos de exercício das pessoas.
Fun Theory = Teoria da Diversão "A maneira mas simples de mudar o comportamento das pessoas para melhor é transformando-o em algo divertido de fazer".
Muito bom!
Para quando algo assim nas nossas estações?

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Para rir

Sinceramente, não tenho nada contra as "brincadeiras" de cada um, mas esta é mesmo hilariante.

Aqui vos deixo esta notícia de uma rádio espanhola, sobre as actividades de um casal e do seu animal de estimação....

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

E a fama continua

Mesmo durante esta semana, cheia de trabalho, consegui aparecer em mais um blog.
Desta vez foi no blog da Isa, um blog giríssimo que vive ... com os pés dos visitantes e os locais onde eles pisaram.
Atendendo a que foi um verão selvagem... ali ficaram os meus pézinhos "surfistas" ao pé do rio a ver passar os aviões que iam apagar os fogos que rondavam...
E podem ver os meus chinelos de Verão preferidos... confortáveis como só eles!

É este o preço da fama e de gostar de um blog giro como este.

Passem lá e participem!

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

O Preço da Fama

Ahhh, pois é!!!
Eis a reportagem que me enviaram onde sou citada frequentemente.
Até fico corada de tanta fama e importância que me dão, num festival tão famoso como este!

Basta carregarem na imagem para aceder à reportagem... infelizmente não tive foi oportunidade de traduzir... divirtam-se.Imagem retirada da internet

Porque é fim-de-semana prolongado!

E é perfeito para namorar!
Imagem retirada da internet

Vou mendigar!!!

Pois é...
Depois de ver este estudo que me enviaram, percebi que ando a perder tempo a trabalhar para uma empresa que nos explora.
Ainda por cima estou habituada a trabalhar 10 e 12h por dia, por isso vou mesmo acabar é por enriquecer!
Obrigado aos meus pais pela minha educação e estudos, mas como poderão ver... foi uma perfeita perda de tempo!!!
Alguém conhece um bom semáforo?
Bom fim-de-semana!

Preste atenção nesta interessante pesquisa de um estagiário de Matemática:
Um sinal de trânsito muda em média a cada 30 segundos (trinta segundos no vermelho e trinta no verde). Então, a cada minuto um mendigo tem 30
segundos para facturar pelo menos € 0,10, o que numa hora dará: 60 x 0,10 = € 6,00.
Se ele trabalhar 8 horas por dia, 25 dias por mês, num mês terá facturado: 25 x 8 x 6 = € 1.200,00. Será que isso é uma conta maluca?
Bom, 6 euros por hora é uma conta bastante razoável para quem está no sinal, uma vez que, quem doa nunca dá somente 10 centimos e sim 20, 50
e às vezes até 1,00.
Mas, tudo bem, se ele facturar metade: € 3,00 por hora terá € 600,00 no final do mês, que é o salário de um estagiário com carga de 35 horas semanais ou 7 horas por dia.
Ainda assim, quando ele consegue uma moeda de € 1,00 (o que não é raro), ele pode descansar tranquilo debaixo de uma árvore por mais 9 mudanças do sinal de trânsito, sem nenhum chefe para 'encher o saco por causa disto.

Mas considerando que é apenas teoria, vamos ao mundo real.
De posse destes dados fui entrevistar uma mulher que pede esmolas, e que sempre vejo trocar os seus rendimentos na Panetiere (padaria em frente ao CEFET). Então perguntei-lhe quanto é que facturava por dia.
Imagine o que ela respondeu?
É isso mesmo, de 35 a 40 euros em média o que dá (25 dias por mês) x 35 = 875 ou 25 x 40 = 1000, então na média € 937,50 e ela disse que não mendiga 8 horas por dia.

Moral da História :
É melhor ser mendigo do que estagiário (e muito menos PROFESSOR), e pelo visto, ser estagiário e professor, é pior que ser Mendigo...
Esforce-se como um mendigo e ganhe mais do que um estagiário ou um professor.
Estude a vida toda e peça esmolas; é mais fácil e melhor que arranjar emprego.

Lembre-se :
Um mendigo não paga 1/3 do que ganha para sustentar um bando de ladrões.

Viva a Matemática.
Imagem retirada da internet

domingo, 27 de setembro de 2009

Louca? Ou simplesmente cansada?

Depois de um fim-de-semana intenso a dar um curso de formação, eis o resultado...

"A sala estava tão quente que todos compravam garrafas de litro de água e meio..."

Espero que seja só cansaço... mas para ter a certeza vou dormir e amanhã confiro se já passou

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Qualquer semelhança com a realidade... não é pura coincidência!

Para verem como a nossa situação não é novidade para o Quino...
... até a Mafalda já conhecia o que se passava em Portugal nestas eleições!!!

Bom fim-de-semana!

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Amor é...

Quem ainda se lembra da colecção "Amor é..."?
Hoje vi este, que amei... e que reflecte com muito humor como eu gostava de ver o meu amor por alguém quando fosse bem velhinha!
Bem... se não fosse preciso o cordelinho era ainda melhor, mas o amor é "cego" ...

Porque não custa ajudar...

Esta mensagem já tinha sido passada pela Korrosiva, mas recebi hoje o mail e não podia deixar de repassar.
Até porque já vi muito abandono, muita gente que quer um animal para mostrar e depois se cansa... vi muitos animais maltratados... e ajudar não custa!

NÃO NOS CUSTA NADA E AJUDAMOS AQUELES QUE PRECISAM.
SÃO SERES VIVOS COMO NÓS!
SÓ NÃO FALAM, MAS EXPRIMEM SENTIMENTOS E NECESSIDADES COMO NÓS!

OBRIGADA PELA VOSSA COMPREENSÃO E COLABORAÇÃO


Apelo à vossa ajuda para imprimir e espalhar este cartaz.
Afinal custa tão pouco ajudar.

Aos que não têm hipótese de imprimir, repassem a mensagem para todos os contactos... mas antes telefonem... não custa
nada.
Nesta época do ano milhares de animais indefesos são abandonados.
Pouco podemos fazer...
Este povo não aprende que os animais têm sentimentos, sofrem, têm saudades, sede e fome.

Mas ao menos ajudemos a união Zoófila que se debate com tantos problemas para minorar o sofrimento destes pobres seres que não tiveram a sorte de ter um dono Humano ...

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Porque hoje me sinto assim...

Tão feliz que estou acima das nuvens!!!
Imagem retirada da internet.

Os pássaros

Digam lá se a curta-animação da Pixar que se segue não vos faz lembrar a vida em algumas empresas, ou algumas das pessoas que nos rodeiam?
Adorei!!!
E conheço alguns "passarinhos" como aqueles, que só estão bem a deitar abaixo os que são diferentes deles... e depois, por vezes, acabam depenados!

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

E porque hojé é sexta-feira...

E o fim-de-semana está quase a chegar... aqui fica um pouco de humor para estarmos sorridentes quando ele chegar.
E sim... ando sem inspiração para escrever algo original, por isso vou aproveitando o que me enviam!

As calorias são pequenos animais que moram nos roupeiros e que durante a noite apertam a roupa das pessoas.

Os problemas do nosso país são essencialmente agrícolas:
excesso de nabos; falta de tomates e muito grelo abandonado.

O trabalho fascina-me tanto que às vezes, fico parada a olhar para ele.

O Casamento é um relacionamento a dois, no qual uma das pessoas está sempre certa e a outra é o marido.

A mulher está sempre ao lado do homem, para o que der e vier;
o homem, está sempre ao lado da mulher que vier e der.

Se fores chata as tuas amigas, perdoam;
Se fores agressiva as tuas amigas, perdoam;
Se fores egoísta as tuas amigas, perdoam;
Agora experimenta ser magra e linda!
Tás f...!

O amor é como a gripe, apanha-se na rua, resolve-se na cama!

A falta de sexo, provoca amnésia e outras merdas que agora não me lembro...

Portugal é um país geométrico: é rectangular e tem problemas bicudos discutidos em mesas redondas, por bestas quadradas!

A diferença entre Portugal e a República Checa é que esta tem o governo em Praga e Portugal tem a praga no governo.

Não procures o príncipe encantado. Procura, antes, o lobo mau: ouve-te melhor; vê-te melhor e ainda te come.

Toda a gente se queixa de assédio sexual no local de trabalho.
Ou isto começa a ser verdade ou então despeço-me!!!

A mulher do amigo, é como a bota da tropa;
também marcha!

O cérebro é um órgão maravilhoso.
Começa a trabalhar logo que acordamos e só pára quando chegamos ao serviço.

O teu computador é como uma carroça: tem sempre um burro à frente!!!

Os trabalhadores mais incapazes são sistematicamente promovidos para o lugar onde possam causar menos danos: a chefia.

Qual a diferença entre uma dissolução e uma solução?
Uma dissolução seria meter um político num tanque de ácido para que se dissolva.
Uma solução seria metê-los a todos.

Chocolate não engorda, quem engorda é você.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Tu tens o relógio, eu tenho o tempo!

Pensei em traduzir esta entrevista que me enviaram e que acho fabulosa... mas penso que ia perder o significado, a alma.
Como tal, transcrevo na integra, como me foi transmitida, pois adorei e acho que é algo que toca qualquer pessoa que a leia.

Para quem não sabe, aqui fica a definição da Wikipédia do que são Tuaregs:

Origem da Palavra
A palavra árabe "Tuareg" significa "abandonados pelos deuses". Talvez por isso prefiram chamar a si mesmos por Imouhar(en), Imashagen (Os Livres) ou Kel Tamasheq - os que falam Tamasheq - e se identificamn como Tamust - a Nação.

Porém pode derivar de "Targa", que é uma cidade no sul da Líbia, numa região chamada "Fezzan". A região que aparentemente sempre viveram é no noroeste africano, principalmente no deserto do Saara, do sul da Argélia ao norte de Mali no lado leste da Nigéria. Podem ser encontrados, todavia, em praticamente todas as partes do deserto. A língua Tamasheq é o principal elo que os caracteriza como povo em comum, mais do que a raça ou linhagem genética. Provavelmente têm parentesco com egípcios e Marroquinos, com quem compartilham trechos culturais e a religião Muçulmana. Mas não são árabes, são "Berberes" e usam esse alfabeto.

Costumes
Usam a linhagem materna embora não sejam matriarcais. São os homens que não dispensam um véu azul índigo característico, o Tagelmust, que usam mesmo entre os familiares. Dizem que os protege dos maus espíritos, e tem a função prática de proteger contra a inclemência do sol do deserto e das rajadas de areia durante suas viagens em caravana. Usam como um turbante que cobre também todo o rosto, exceto os olhos. As comunidades de tuaregues têm por norma oferecer chá de menta aos grupos de turistas.

Hierarquia
Sob uma distinta hierarquização formada por castas que descendem da tradicional rainha guerreira Tin-Hinan e seu companheiro Takama.

A casta nobre, Imajeren, são os guerreiros. Portam a tradicional espada Takoba, cujo formato lembra muito as espadas medievais das cruzadas. Há pequenas distinções no formato e detalhes entre as espadas de acordo com a região de origem ou dos artesãos-ferreiros que as fazem. A lâmina larga de dois gumes tem um friso longitudinal e o punho é guarnecido por uma peça rectangular, que lembra uma cruz.

A religião fica a cargo dos Ineselmen, que significa os Muçulmanos, cuidado da observação das leis do Corão. Desde o século XVI os Tuaregs tem sido Muçulmanos. Exercem sem muito rigor, devido, principalmente pelo nomadismo, que os impossibilita de algumas obrigações, como do Ramadão. Combinam a tradição Sunita (Maliki madhhab) com algumas crenças pré-islâmicas animísticas, como a presença dos espíritos Kel Asuf e a divinização do Qur'an.

Os "Homens Livres" (Imrad) são a maioria e se dizem descendentes de Takama. Imrad significa "povo das cabras". Podem ter sido Berberes, que viviam nas regiões de Ajjer, Ahaggar e Adrar-n-Iforas, que, dominados pelos Imunan quando sua própria nobreza, Uraren, se rebelou contra os Imunan.

Os escravos, chamados de Iklan, são compostos por descendentes dos antigos cativos. Desde a dominação francesa em finais do século XIX não é permitida a escravidão. Mesmo assim eles permanecem numa quantidade considerável e têm as suas subcastas.

O Passado
Antes de se tornarem pacíficos como são actualmente, os Tuaregues cobravam pedágios altíssimos dos outros viajantes, assaltando e massacrando os que deixavam de pagar. Em 1946, com a chegada de novos governos, eles entraram em guerra por sua liberdade (o que acabou com aproximadamente quarenta mil Tuaregues mortos, incluindo mulheres e crianças). Agora dedicam-se principalmente à música, ao artesanato e ao pastoreio de animais como os dromedários

Importante
Vivem constantemente em conflito, pois querem expandir suas terras; para tornar-se um país, e assim ficar independente.

TU TIENES EL RELOJ, YO TENGO EL TIEMPO
entrevista realizada por VÍCTOR-M. AMELA a
MOUSSA AG ASSARID


No sé mi edad: nací en el desierto del Sahara, sin papeles...!
Nací en un campamento nómada tuareg entre Tombuctú y Gao, al norte de Mali. He sido pastor de los camellos, cabras, corderos y vacas de mi padre. Hoy estudio Gestión en la Universidad Montpellier. Estoy soltero. Defiendo a los pastores tuareg. Soy musulmán, sin fanatismo

- ¡Qué turbante tan hermoso...!

- Es una fina tela de algodón: permite tapar la cara en el desierto cuando se levanta arena, y a la vez seguir viendo y respirando a su través.

- Es de un azul bellísimo...

- A los tuareg nos llamaban los hombres azules por esto: la tela destiñe algo y nuestra piel toma tintes azulados...

- ¿Cómo elaboran ese intenso azul añil?

- Con una planta llamada índigo, mezclada con otros pigmentos naturales. El azul, para los tuareg, es el color del mundo.

- ¿Por qué?

- Es el color dominante: el del cielo, el techo de nuestra casa.

- ¿Quiénes son los tuareg?

- Tuareg significa "abandonados", porque somos un viejo pueblo nómada del desierto, solitario, orgulloso: "Señores del Desierto", nos llaman. Nuestra etnia es la amazigh (bereber), y nuestro alfabeto, el tifinagh.

- ¿Cuántos son?

- Unos tres millones, y la mayoría todavía nómadas. Pero la población decrece... "¡Hace falta que un pueblo desaparezca para que sepamos que existía!", denunciaba una vez un sabio: yo lucho por preservar este pueblo.

- ¿A qué se dedican?

- Pastoreamos rebaños de camellos, cabras, corderos, vacas y asnos en un reino de infinito y de silencio...

- ¿De verdad tan silencioso es el desierto?

- Si estás a solas en aquel silencio, oyes el latido de tu propio corazón. No hay mejor lugar para hallarse a uno mismo.

- ¿Qué recuerdos de su niñez en el desierto conserva con mayor nitidez?

- Me despierto con el sol. Ahí están las cabras de mi padre. Ellas nos dan leche y carne, nosotros las llevamos a donde hay agua y hierba... Así hizo mi bisabuelo, y mi abuelo, y mi padre... Y yo. ¡No había otra cosa en el mundo más que eso, y yo era muy feliz en él!

- ¿Sí? No parece muy estimulante. ..

- Mucho. A los siete años ya te dejan alejarte del campamento, para lo que te enseñan las cosas importantes: a olisquear el aire, escuchar, aguzar la vista, orientarte por el sol y las estrellas... Y a dejarte llevar por el camello, si te pierdes: te llevará a donde hay agua.

- Saber eso es valioso, sin duda...

- Allí todo es simple y profundo. Hay muy pocas cosas, ¡y cada una tiene enorme valor!

- Entonces este mundo y aquél son muy diferentes, ¿no?

- Allí, cada pequeña cosa proporciona felicidad. Cada roce es valioso. ¡Sentimos una enorme alegría por el simple hecho de tocarnos, de estar juntos! Allí nadie sueña con llegar a ser, ¡porque cada uno ya es!

- ¿Qué es lo que más le chocó en su primer viaje a Europa?

- Vi correr a la gente por el aeropuerto.. . ¡En el desierto sólo se corre si viene una tormenta de arena! Me asusté, claro...

- Sólo iban a buscar las maletas, ja, ja...

- Sí, era eso. También vi carteles de chicas desnudas: ¿por qué esa falta de respeto hacia la mujer?, me pregunté... Después, en el hotel Ibis, vi el primer grifo de mi vida: vi correr el agua... y sentí ganas de llorar.

- Qué abundancia, qué derroche, ¿no?

- ¡Todos los días de mi vida habían consistido en buscar agua! Cuando veo las fuentes de adorno aquí y allá, aún sigo sintiendo dentro un dolor tan inmenso...

- ¿Tanto como eso?

- Sí. A principios de los 90 hubo una gran sequía, murieron los animales, caímos enfermos... Yo tendría unos doce años, y mi madre murió... ¡Ella lo era todo para mí! Me contaba historias y me enseñó a contarlas bien. Me enseñó a ser yo mismo.

- ¿Qué pasó con su familia?

- Convencí a mi padre de que me dejase ir a la escuela. Casi cada día yo caminaba quince kilómetros. Hasta que el maestro me dejó una cama para dormir, y una señora me daba de comer al pasar ante su casa... Entendí: mi madre estaba ayudándome...

- ¿De dónde salió esa pasión por la escuela?

- De que un par de años antes había pasado por el campamento el rally París-Dakar, y a una periodista se le cayó un libro de la mochila. Lo recogí y se lo di. Me lo regaló y me habló de aquel libro: El Principito. Y yo me prometí que un día sería capaz de leerlo...

- Y lo logró.

- Sí. Y así fue como logré una beca para estudiar en Francia.

- ¡Un tuareg en la universidad. ..!

- Ah, lo que más añoro aquí es la leche de camella... Y el fuego de leña. Y caminar descalzo sobre la arena cálida. Y las estrellas: allí las miramos cada noche, y cada estrella es distinta de otra, como es distinta cada cabra... Aquí, por la noche, miráis la tele.

- Sí... ¿Qué es lo que peor le parece de aquí?

- Tenéis de todo, pero no os basta. Os quejáis. ¡En Francia se pasan la vida quejándose! Os encadenáis de por vida a un banco, y hay ansia de poseer, frenesí, prisa... En el desierto no hay atascos, ¿y sabe por qué? ¡Porque allí nadie quiere adelantar a nadie!

- Reláteme un momento de felicidad intensa en su lejano desierto.

- Es cada día, dos horas antes de la puesta del sol: baja el calor, y el frío no ha llegado, y hombres y animales regresan lentamente al campamento y sus perfiles se recortan en un cielo rosa, azul, rojo, amarillo, verde...

- Fascinante, desde luego...

- Es un momento mágico... Entramos todos en la tienda y hervimos té. Sentados, en silencio, escuchamos el hervor... La calma nos invade a todos: los latidos del corazón se acompasan al pot-pot del hervor...

- Qué paz...

- Aquí tenéis reloj, allí tenemos tiempo.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Para pensar

Quantos de nós não vivemos assim?
Ou já vivemos algum dia?
Quem atira a primeira pedra?

Gilberto de Nucci tem uma excelente imagem a respeito de nosso comportamento. Segundo ele, os homens caminham pela face da Terra em fila indiana, cada um carregando uma sacola na frente e outra atrás.

Na sacola da frente, colocamos nossas qualidades; na sacola de trás, guardamos todos os nossos defeitos.

Por isso, durante a jornada pela vida, mantemos os olhos fixos nas virtudes que possuímos, presas em nosso peito. Ao mesmo tempo, reparamos impiedosamente nas costas do companheiro que está adiante todos os defeitos que ele possui.

E nos julgamos melhores que ele, sem perceber que a pessoa andando atrás de nós está pensando a mesma coisa a nosso respeito.

domingo, 13 de setembro de 2009

Declaração de amor ao vivo

Uma anedota ao vivo, antecedida por uma linda declaração de amor...
... e a locutora ficou sem fala!!!

O nosso povo e a nossa TV no seu melhor!!!

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Para os que não sabem o que é...

Um pouco de humor para o fim de semana que se aproxima.

Para quem não sabe o que é sexo oral... aqui vos dou uma oportunidade de aprenderem!

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Por vezes não damos valor ao que temos....

A verdade é que muitas vezes me esqueço das pessoas que me rodeiam, da sorte que tenho em ter a vida que tenho, os amigos que tenho, a família que tenho e o meu amado S.
Poderá(ão) não ser o ideal, mas alguém me sabe dizer o que é o ideal?

Podia ser melhor?
Como diz o anúncio, provavelmente sim, mas não seria a mesma coisa!

Hoje apetece-me dar valor ao que tenho... e agradecer a todos por fazerem parte da minha vida.
Aos meus pais, que sempre me apoiaram, em qualquer circunstância; à minha irmã que conseguiu refinar o meu mau feitio a níveis impensáveis, mas que está sempre lá quando preciso; à minha madrinha, que é como se fosse minha irmã mais velha, com o meu tio que sempre se preocupou em me(nos) apoiar; ao meu tio, sempre presente mesmo à distância; aos meus primos e priminhas que tornam alegres os dias mais tristes; aos meus amigos e amigas, a quem nunca dou a devida atenção e valor mas que estão sempre presentes no meu coração; às pessoas com quem trabalho e colaboro, por me fazerem crescer como pessoa; e por último (mas importante como o mundo), ao meu amor, a razão da minha vida, ao homem que me atura as crises existenciais e me ama como sou, o meu lindo e amado S.

Hoje é dia de dar valor ao que tenho e esquecer o que não tenho... isso virá com o tempo e com trabalho!
Porque os meus amigos e família fazem parte de mim e do que sou... e porque sem eles não seria possível viver... OBRIGADA!
Sim... hoje é dia de um pouco de lamechice (tb tenho direito)!

terça-feira, 8 de setembro de 2009

E o sol brilha

E o sol hoje brilha de novo!!!
Realmente, não me posso queixar mesmo... tenho o melhor namorado do mundo!
Mesmo sem saber, faz tudo para que esteja feliz!!!
E o dia está lindo...
imagem: internet

domingo, 6 de setembro de 2009

O meu cão chamado "Sexo"

Esta é dedicada à minha irmã, criadora de cães!

Todo mundo que eu conheço, e que tem um cachorro, costuma chamá-lo de Rex, Lulu ou algo assim.
Eu botei o nome do meu de "Sexo".
Mas agora, Sexo é muito embaraçoso para mim...
Quando eu fui à prefeitura renovar a licença dele, disse ao funcionário que queria uma licença para Sexo, e ele disse que também queria uma para ele! Aí eu disse que era para um cachorro, e ele disse que não se importava com o tipo de vida dos outros.
Eu disse:
- "Você não entende?
Eu tenho Sexo desde os 9 anos de idade."
E ele replicou:
- "Você devia ser um garoto bem precoce!"

Quando resolvi casar, disse ao padre que gostaria de ter Sexo na igreja durante a cerimónia de casamento.
Ele falou que eu teria que esperar a cerimónia acabar. Eu disse:
- "Mas Sexo tem uma grande importância na minha vida.
Meu mundo gira em torno de Sexo."
Ele disse que não gostaria de ficar ouvindo sobre a minha vida pessoal, e que não nos casaria na igreja dele. Aí eu contei a ele que todos os familiares e convidados gostariam de ter Sexo na igreja.
No dia seguinte casei apenas no civil. Minha família foi banida da igreja para sempre.

Quando fomos para a lua de mel, levamos Sexo connosco.
Ao chegar no hotel, eu pedi um quarto para minha mulher e eu. E um quarto especial para Sexo.
O atendente disse que todos os quartos eram bons para sexo. E eu:
- "Você não entende? Sexo me mantém acordado a noite toda!
E ele:
- "Eu também!"

Um dia inscrevi Sexo numa competição, mas ele sumiu.
Um outro competidor perguntou o que eu estava procurando, e eu disse que gostaria de ter Sexo na competição.
Ele disse que eu estava na competição errada.
- "Por favor", implorei, "Eu quero ter Sexo na TV! "
Ele chamou os seguranças, que me puseram para fora.

Quando me divorciei, fomos ao fórum, brigar pela custódia do cão.
Eu disse:
- "Meritíssimo, eu tinha Sexo antes do casamento, mas ele me abandonou depois que casei."
O Juiz lamentou:
- "Comigo ocorreu o mesmo..."

Ontem à noite Sexo fugiu de novo. Procurei durante horas, até que um policial perguntou o que eu estava fazendo na rua às 4:00 da manhã.
Eu disse que estava procurando por Sexo.
Meu caso vai a julgamento semana que vem...
Bem, agora eu estou na cadeia, divorciado, com mais problemas com o cachorro do que eu poderia imaginar.

Quando fui à primeira sessão com o psiquiatra, ele perguntou qual era o meu problema. E eu disse:
- "Sexo sempre foi meu melhor amigo, porto da minha vida.
Mas, agora ele me abandonou, e sem Sexo eu estou tão sozinho que não tenho mais razão para viver."
E o doutor:
- "Sexo não pode ser o melhor amigo de um homem.
Por que você não compra um cachorro???"
Related Posts with Thumbnails