domingo, 21 de fevereiro de 2010

Nunca te esqueceremos Nikko

Nikko...
Partiste hoje...
sem aviso...
sem deixar tempo e oportunidades a despedidas...
despedaçando o coração da tua dona e de toda a família...

Mas nunca te esqueceremos!!!
Que sejas feliz onde estiveres Nikko!!!


NIKKO (Outubro 1999 - Fevereiro 2010)

O meu perfil, retirado do canil da minha adorada dona:

Se estão familiarizados com o design das páginas dos outros cães do canil de Aradik, vêm já que esta é diferente! Se calhar é para realçar a minha personalidade única! Ah, e gostava de realçar que na realidade sou um Teckel Standard de Pelo "Sedoso"!

Nasci a 10 de Outubro de 1999, filho de 2 bravos exemplares da minha raça usados para caçar javalis, raposas, etc. Separado da minha mãe às 3 semanas de idade (pelo que me contaram, porque ela ficou sem leite), a Carla e a sua mãe encontraram-me duas semanas depois. Foi amor à primeira vista! Eu não tinha registo oficial, porque os meus pais eram importados da Alemanha e a minha mãe veio sem papeis. Mas isso não interessou. Fui para casa delas, onde cresci como cachorro muito mimado. Nos meus primeiros 2,5 anos de vida, apesar de saber que a Carla era a minha dona "oficial", tinha um carinho muito especial pela mãe dela, a minha "avó" que praticamente me criou, porque a Carla tinha de sair frequentemente durante algumas semanas, por causa do seu trabalho. No entanto, desde Outubro de 2002, vivo só com ela (e a partir de 2006, com os restantes cães Aradik). Claro que sempre que volto a "casa", é uma festa com a minha "avó"!

Sendo um Teckel, seria de esperar que fosse teimoso, obstinado, fazendo só o que me apetece, certo? Errado! Na verdade, a minha maior felicidade é agradar à Carla. Até sou um cão com escola! Vendo a minha vontade em agradar, a minha dona começou a treinar-me, primeiro com métodos clássicos e depois com o método do clicker - foi o clique! Adoro fazer tudo o que ela me pede. Nem é tanto pelas salsichas que ela me dá! É que é tão giro aquele tempo que passamos só os dois, a divertirmo-nos! Até participei num curso internacional de treino de cães, onde todas as pessoas se divertiram com a minha alegria! Ainda bem que tenho jeito para isto! É que para a caça, degenerei. Mesmo quando me salta um coelho à frente, não tenho qualquer interesse em ir atrás dele!...

A minha 2ª maior felicidade descobri-a no Canil d'Alpetratínia - explicar aos Serra da Estrela machos que andam à solta quem manda! E faço-o de forma muito vocal! E nisto sim, sou persistente! O João Silvino até chegou a pensar que um dos seus cães tinha ficado surdo - pensou ele que não seria possível um cão continuar a dormir enquanto eu lhe ladrava ao ouvido durante horas de seguida! E como os machos aqui não me ligam, acho que de facto sou eu quem tem razão, sou eu que mando!

Depois de arranjaram mais uns cãezitos da minha raça, passei a ter companhia "à minha altura". Mas de facto não tenho muita paciência para cachorros. Gosto muito de brincar, mas é quando eu quero, não quando elas querem... e de preferência com a minha dona. Ainda cheguei a pensar que com estas donzelas "baixinhas" que apareceram ainda ia ter alguma sorte! Mas já me disseram que eu não vou cruzar nenhuma. É que apesar de ser um cão extremamente simpático e giraço, aparentemente tenho alguns defeitos que na minha raça não gostam muito. Ah, e parece que há também aquela chatice de não ter registo... Enfim, pelo menos quando não há cios divertimo-nos todos!

11 comentários:

tronxa disse...

oh nuvem...

k pena...

era mt parecido com a minha kira...

bjnhsssssssssssss gds nesta hora tao triste!!

Nuvem disse...

tronxa... se para mim está a ser muito difícil, imagina para a minha irmã que o adorava e que chega a casa e o encontra morto....
é uma dor muito forte, ainda por cima da forma que foi e sem aviso...

beijinhos e obrigada

Korrosiva disse...

:(
sei bem o que isso é..

beijinhoss

Nuvem disse...

Korr- obrigada.
Só gostava de poder estar com a minha irmã para a consolar... que coisa para descobrir quando chega a casa :(

Bloguótico disse...

É sempre difícil, mas deixou boas memórias, certamente!!!

Nuvem disse...

Bloguótico . deixou as melhores recordações.
Custa é a forma brutal como foi (morto pelos outros cães na ausência dela) e a surpresa de chegar a casa e dar com ele morto.
Sabes... custa a falta de mentalização e não a poder estar a apoiar...
mas passa...

Fátima disse...

Oh não gosto nada quando isso acontece! é sempre tão doloroso quando eles se vão... eu já perdi uma cadelinha e vários gatos atropelados, todos eles foram sempre uma tristeza enorme... depois disse a mim mesma que não queria apegar-me tanto a eles outra vez para não sofrer futuramente mas acabo sempre por apegar-me.

Sinto muito Nuvem

Bjs

Vina disse...

Olá, bom dia! Venho agradecer o comentário que me deixáste no meu blog e agradecer o interesse e preocupação. Graças a Deus está tudo bem comigo e com a minha família, mas realmente este caos em que a cidade está mergulhada é desolador e faz-nos pensar muito seriamente... Não conhecia este teu cantinho, mas gostei muito e vou voltar mais vezes! Mais uma vez, muito obrigada! Beijinhos

fj disse...

Eu sei o qt custa.Só quem os têm e que os adora, sabe dar o devido valor.Já me aconteceu em 2008,não sei se chegaste a acompanhar alguns posts que fiz na altura, para além do nascimento em directo...no "100maisnemenos"

Tive uma cadela q Viveu connosco mais de uma década e meia, tb ela (de seu nome Carlota) foi a companhia da minha filhota enquanto criança.
Tb chorámos a sua morte!
Bjinhos e força!!

...em breve virá a nuvem...zinha, né?

Nuvem disse...

Fátima e FJ - obrigada pelas vossas palavras.
A forma como morreu e o choque da mesma são o pior (se ele tivesse sido atropelado ou morresse de doença acho que custaria um pouco menos)
Mas é verdade que ele ficará sempre no nossos coração e especialmente no da minha irmã, que o adorava e começou com ele a criar o seu nome e canil.

beijinhos a todos e obrigada pelas vossas palavras!

Lau Milesi disse...

Olá "Nuvem",com licença, estou chegando por aqui. Não fique triste.O importante é que ele foi amado e deu amor a você e aos seus.Ficam os bons momentos.
Já passei por isso. Dói mesmo.

Fique bem.

Um abracinho.

Related Posts with Thumbnails