quinta-feira, 23 de setembro de 2010

13 anos de saudade

Faz hoje 13 anos que o meu avô partiu... para um lugar melhor.
13 anos de muita saudade, de um homem que construiu a vida a pulso, que adorava a família e os netos e que me ensinou muito sobre valores e personalidade.
Adorava o meu avô e sempre sentirei a sua falta e muita pena de não ter conhecido as bisnetas (em especial a minha nuvenzinha), de não ter podido ver o casamento dos netos, de não ter conhecido o meu amor, e de tanta coisa que ele ainda merecia ter vivido.
Resta-me, como sempre, a alegria de saber que onde estiver está seguramente bem, junto do meu irmão e da minha avó, a zelar por nós e contente com as conquistas da sua família.
Por isso, e para ele, aqui fica um beijo muito especial da neta que nunca o esquece e da bisneta que adora olhar para as fotos dele!

PS - obrigada pela correcção... de não serem nem 11 nem 12 mas sim 13 anos. Agora nunca mais esqueço..

6 comentários:

Bloguótico disse...

Os avós são sempre especiais!! :)

Anónimo disse...

Minha querida, não fez doze... mas sim treze. Um beijo

Nuvem disse...

aiaiaiaiaiaiai
eu pensava que era em 1998 :(
ainda pior... mas já vou corrigir...
obrigada

Fátima disse...

Ainda bem que ficou uma boa recordação de ensinamentos. Os meus avôs tanto materno como paterno estão vivos mas não me dou muito bem com eles, aliás evito ao máximo estar no mesmo espaço do que o meu avô paterno, só me dá péssimos exemplos! Aliás ele sempre me ensina alguma coisa, a não seguir os seus passos.

O teu avô com certeza está muito satistfeito com a sua evolução como pessoa e está sempre presente nos momentos importantes, não no plano físico mas no espiritual.

Bjs

tronxa disse...

essas pessoas da nossa vida nunca morrem, nuvem!

ficam pertinho, a zelarem por nos!

bjnhsssssssssss

Nuvem disse...

Bloguótico - e os meus eram os mais especiais de todos, e serão sempre :)
Fátima - os meus avós paternos mal conheci, mas os meus avós maternos serão sempre uma referência na minha vida, por tudo, inclusive pelos valores que nos transmitiram.
Sei que estão bem onde estão, mas a saudade dos que ficam nunca diminui.

Tronxa - eu sei. Lamento que não tenham conhecido a nuvenzinha fisicamente, mas sei que estão sempre comigo e com ela.

beijinhos a todos e bom domingo

Related Posts with Thumbnails